Candidaturas Agricultura e Floresta

PDR2020 (Novo PRODER)

O Programa de Desenvolvimento Rural do continente, vulgarmente designado PDR 2020, veio suceder ao anterior PRODER e contempla os apoios concedidos pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural da União Europeia a Portugal para o período de 2014 a 2020.

O PDR 2020 (novo PRODER) apoia o investimento nas explorações agrícolas e empresas agroindustriais, a instalação dos jovens agricultores, e proporciona um acréscimo de valor e de qualidade da produção, aumenta a concentração de oferta e contribui para uma maior adesão aos seguros agrícolas. Este sistema de incentivos aposta também na investigação e inovação através de Grupos Operacionais e Projetos Inovadores. Este programa de incentivos reflete preocupações ambientais através de medidas agroambientais, reforçadas e mais orientadas para os agricultores, mantém o apoio às regiões desfavorecidas e reorienta o Programa LEADER para a agricultura, passando este a ser financiado em complementaridade com os restantes Fundos Europeus Estruturais e de Investimento.

O PDR 2020 (novo PRODER) foi planeado para promover o crescimento sustentável do sector agro-florestal em todo o território nacional. Este programa de incentivos tem como objetivos estratégicos o crescimento do valor acrescentado do sector agro-florestal e a rendibilidade económica da agricultura, a promoção de uma gestão eficiente, a proteção dos recursos e a criação de condições para a dinamização económica e social do espaço rural.

Medidas de apoio ao investimento

O PDR 2020 (novo PRODER) está organizado em 4 áreas e 10 medidas. No que diz respeito ao apoio ao investimento e pela sua importância, apresentam-se seguidamente as principais medidas previstas por este programa de incentivos:

Medida 3. Valorização da Produção Agrícola

Apoio a jovens que se instalam pela 1ª vez na atividade agrícola (jovens agricultores) e apoio a investimentos nas explorações agrícolas destinados a melhorar o desempenho e a viabilidade das explorações, aumentar a produção, criar valor, melhorar a qualidade dos produtos, introduzir métodos e produtos inovadores e garantir a sustentabilidade ambiental da exploração. Estão de igual modo previstos apoios a investimentos na transformação e comercialização de produtos agrícolas destinados a promover a renovação da estrutura produtiva agroindustrial, tendo em vista melhorar o desempenho competitivo das unidades industriais, através do aumento da produção, da criação de valor baseada no conhecimento, em processos e produtos inovadores, na melhoria da qualidade dos produtos, numa gestão eficiente dos recursos no uso de energias renováveis, garantindo a sustentabilidade das atividades económicas.

Principais tipologias de projeto

Jovens Agricultores;

Investimento na Exploração Agrícola;

Pequenos Investimentos nas Explorações Agrícolas;

Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas;

Pequenos Investimentos na Transformação e Comercialização de Produtos Agrícolas.

Medida 4. Valorização dos Recursos Florestais

Apoio a investimentos que visam o aumento do valor dos produtos agroflorestais através da criação e modernização das empresas de transformação, adaptação às exigências ambientais, de segurança e prevenção de riscos, participação dos produtores agroflorestais, novos produtos, processos e tecnologias e processos de certificação e integração no mercado, numa gestão eficiente dos recursos e no uso de energias renováveis.

Principais tipologias de projeto

Investimentos em Produtos Florestais Identificados como Agrícolas;

Investimentos em Produtos Florestais não Identificados como Agrícolas;

Medida 5. Organização da Produção

Apoio à promoção da organização, através do apoio aos Agrupamentos e Organizações de Produtores como forma de fazer frente a um dos principais problemas estruturais do setor, contribuindo para aumentar a capacidade de gerar valor a montante e contrariar o desequilíbrio que se verifica na cadeia de valor.

Principais tipologias de projeto

Criação de Agrupamentos e Organizações de Produtores;

Interprofissionais;

Cooperação Empresarial.

Medida 8. Proteção e Reabilitação de Povoamentos Florestais

Apoio à florestação de terras agrícolas e não agrícolas, através de investimentos na instalação de zonas arborizadas com espécies bem adaptadas às condições locais; Apoio à criação de sistemas agroflorestais, nomeadamente montados e sistemas que combinam a silvicultura com práticas de agricultura extensiva; Apoio à prevenção, defesa da floresta e restabelecimento de povoamentos florestais afetados por agentes bióticos e abióticos e promoção de ações de estabilização de emergência pós incêndio, catástrofes naturais, ou acontecimentos catastróficos; Apoio à adaptação às alterações climáticas e mitigação dos seus efeitos; Apoio à promoção dos serviços de ecossistema (ar, água, solo e biodiversidade) e melhoria da provisão de bens públicos pelas florestas; Apoio à promoção da reabilitação de povoamentos identificados como estando em más condições vegetativas e potenciando riscos ambientais graves; Apoio a ações que visem aumentar o valor económico e a competitividade dos produtos florestais lenhosos e não lenhosos; Apoio a projetos destinados à melhoria do ordenamento dos recursos cinegéticos e dos recursos dulçaquícolas em espaços florestais.

Principais tipologias de projeto

Florestação de Terras Agrícolas e não Agrícolas;

Instalação de Sistemas Agroflorestais;

Prevenção da Floresta contra Agentes Bióticos e Abióticos;

Restabelecimento da Floresta Afetada por Agentes Bióticos e Abióticos ou por Acontecimentos Catastróficos;

Melhoria da Resiliência e do Valor Ambiental das Florestas;

Melhoria do Valor Económico das Florestas;

Gestão de Recursos cinegéticos;

Gestão de Recursos Aquícolas.

Medida 10. LEADER – DESENVOLVIMENTO LOCAL

Esta medida contempla os apoios previstos no âmbito do Desenvolvimento Local de Base Comunitária, composto por estratégias integradas e multissetoriais de desenvolvimento local, promovidas pelas comunidades locais para dar resposta - em simultâneo - às necessidades de desenvolvimento local e ao contributo específico que o sector agrícola e agroindustrial pode dar ao nível de intervenções de pequena dimensão com objetivos específicos de cariz local. Esta medida apoia pequenos investimentos nas explorações agrícolas, pequenos investimentos na transformação e comercialização de produtos agrícolas, investimentos na diversificação de atividades na exploração para atividades não agrícolas, criação de circuitos curtos / cadeias curtas de distribuição / comercialização de proximidade de produtos agrícolas e transformados incluindo os abrangidos por regimes formais de diferenciação referentes a áreas de proteção da natureza, promoção de produtos de qualidade certificada e produtos locais, incluindo os abrangidos por regimes formais de diferenciação referentes a áreas de proteção da natureza, preservação, conservação e valorização dos elementos patrimoniais locais (paisagístico e ambiental, incluindo ações de sensibilização).

Tipologias de projeto

Pequenos investimentos nas explorações agrícolas;

Pequenos investimentos na transformação e comercialização;

Diversificação de atividades na exploração;

Cadeias curtas e mercados locais;

Promoção de produtos locais de qualidade;

Renovação de aldeias.

quero fazer uma candidatura ao PDR2020 (Novo PRODER)

setores com que trabalhamos

indústria

comércio e serviços

turismo

agricultura e floresta

Consultoria empresarial Consultoria Industrial Consultoria e elaboração de projetos de licenciamento industrial Consultoria financeira e consultoria económica Consultoria em Internacionalização Consultoria em Qualidade, Ambiente e SHT

Elaboração de candidaturas a sistemas de incentivos ao investimento e emprego Elaboração de projetos de investimento e de criação de empresas Elaboração de candidaturas a incentivos Portugal 2020 Elaboração de candidaturas a incentivos PDR 2020 Acompanhamento de candidaturas e de projetos de investimento

Apoios a jovens agricultores Apoios à floresta Incentivos fiscais Estudos de mercado e marketing Formação Profissional e Recursos Humanos Planeamento e consultoria de alta direção Apoio à produção, transformação e comercialização agrícolas

Elaboramos candidaturas ao sistema de incentivos Portugal 2020, assim como a apoios ao investimento a fundo perdido e reembolsável, nas medidas: Inovação Produtiva, Empreendedorismo Qualificado e Criativo, Internacionalização, Qualificação, Formação e Vales, nos setores do turismo, indústria, comércio e serviços.

Elaboramos candidaturas ao sistema de incentivos PDR 2020, MAR 2020 e VITIS, de apoio ao investimento a fundo perdido (não reembolsável) e destinados a: Produção Agrícola (jovens agricultores, entre outros), Agro-Indústria, Apoios à Floresta e a Empresas do setor florestal, vinha, desenvolvimento local (turismo: animação turística e alojamento) e Vales.

© 2017 - Licentivos, Lda.

Morada

Rua António Cândido Pinto, Nº 32,
Fraião, 4715-400 Braga

Coordenadas GPS

N 41° 32' 26.1486" W -8° 24' 18.2088"

Horário

Seg a Sex 09h00m - 13h00m 14h00m - 18h00m

Redes Sociais


Telefone

253 618 791

Fax

253 273 231