Candidaturas Turismo

Apoio a empresas de atividade turística e similares, como hotéis, agentes de animação turística, setor da restauração e demais atividades do canal horeca.

Apoio a projetos de investimento de criação, requalificação ou modernização e expansão de empreendimentos turísticos.

Financiamento da atividade corrente ou tesouraria das empresas do setor.

TURISMO 2020 / PORTUGAL 2020

Turismo 2020 é o novo Plano de Ação para o Desenvolvimento do Turismo em Portugal, que define objetivos e prioridades de investimento até 2020 para o turismo nacional no que respeita a projetos apoiados por fundos comunitários. A expectativa é de que a sua aplicação permita ao setor receber mais de 780 milhões de euros em apoios europeus nos próximos cinco anos.

O Portugal 2020 terá como principais prioridades o setor privado e o emprego, sendo que cerca de 50% dos apoios serão dirigidos às empresas.

A intervenção dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento no âmbito do Portugal 2020 estrutura-se em torno dos seguintes domínios temáticos:

Competitividade e Internacionalização;

Inclusão Social e Emprego;

Capital Humano;

Portugal vai receber 25 mil milhões de euros até 2020, cujo início ocorreu já em 2015. Para tal definiu como objetivos:

A recuperação da trajetória de crescimento e emprego, reforçando o investimento na educação, incluindo formação avançada e iniciativas dirigidas à empregabilidade;

O incentivo à investigação científica e tecnológica e à inovação;

O incremento das exportações, estimulando a produção de bens e serviços transacionáveis, internacionalização da economia e à qualificação do perfil de especialização da economia portuguesa;

Melhoria do sistema de ensino e formação profissional;

Igualdade de oportunidades no acesso à educação, formação e emprego;

Mais sustentabilidade e crescimento verde;

Criação de valor na agricultura, bem como o estímulo ao crescimento e competitividade da economia do mar.

Reforço da integração das pessoas em risco de pobreza e de combate à exclusão social;

Promoção da coesão e competitividade territoriais, particularmente nas cidades e em zonas de baixa densidade;

Apoio ao programa da reforma do Estado, assegurando que os fundos possam contribuir para a racionalização, modernização e capacitação institucional da Administração Pública e para a reorganização dos modelos de provisão de bens e serviços públicos.

Segundo a Estratégia Industrial para o Crescimento e o Emprego 2014-2020, ambiciona-se concretizar uma visão clara de crescimento para a economia portuguesa tendo como principal motor de crescimento uma indústria de elevado valor acrescentado nacional e geradora de emprego.

Sistemas de Incentivos às Empresas

No âmbito do Portugal 2020, os principais Sistemas de Incentivos às empresas são os seguintes:

INOVAÇÃO EMPRESARIAL E EMPREENDEDORISMO

Tem por objetivo o aumento do investimento em atividades inovadoras, o reforço da capacitação empresarial para o desenvolvimento de bens e serviços, o aumento das capacidades de gestão das empresas e da qualificação específica dos ativos, a internacionalização da economia portuguesa, bem como a promoção do espírito empresarial incentivando a criação de novas empresas em sectores de alta e média-alta tecnologia.

Candidatos

Empresas de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica.

Limites, forma e taxas de apoio

Podem ter um apoio financeiro máximo de 75% à taxa de juro zero (incentivo reembolsável), podendo ser concedida um isenção de reembolso (fundo perdido) até ao limite de 50% do incentivo. No caso da indústria, o prazo total de reembolso é de oito anos, constituído por um período de carência de 2 anos e por um período de reembolso de 6 anos.

QUALIFICAÇÃO E INTERNACIONALIZAÇÃO DAS PME

Tem por objetivo o reforço das capacidades de organização e gestão, qualificação específica dos ativos de modo a potenciar o desenvolvimento de atividades produtivas mais intensivas em conhecimento e criatividade, bem como o reforço da capacitação empresarial para a internacionalização com vista a promover o aumento das exportações.

Limites, forma e taxas de apoio

Podem ter um apoio financeiro máximo de 75% à taxa de juro zero (incentivo reembolsável), podendo ser concedida um isenção de reembolso (fundo perdido) até ao limite de 50% do incentivo. No caso da indústria, o prazo total de reembolso é de oito anos, constituído por um período de carência de 2 anos e por um período de reembolso de 6 anos.

Atividades Enquadráveis:

Alojamento;

Animação Turística;

Restauração e Bebidas;

Aluguer de Veículos Automóveis e de Bens Recreativos e Desportivos;

Feiras, Congressos e Outros Eventos Similares;

Outras Atividades Artísticas e Culturais;

Agências de Viagens, Operadores Turísticos, Outros Serviços de Reservas;

Outras Atividades de Diversão Recreativas e de Bem-Estar Físico;

Parques de Diversão, Temáticos e Portos de Recreio;

Parques e Reservas Naturais;

Atividades de Jardins Zoológicos, Botânicos e Aquários;

Gestão de Instalações Desportivas e Outras.

quero fazer uma candidatura ao Turismo 2020 / Portugal 2020

PDR2020 (Novo PRODER)

O Programa de Desenvolvimento Rural do continente, vulgarmente designado PDR 2020, veio suceder o anterior PRODER e contempla os apoios concedidos pelo Fundo Europeu Agrícola de Desenvolvimento Rural da União Europeia a Portugal para o período de 2014 a 2020.

Os apoios ao turismo estão previstos no âmbito do Desenvolvimento Local de Base Comunitária, composto por estratégias integradas e multissetoriais de desenvolvimento local, promovidas pelas comunidades locais, que preveem apoios específicos para as atividades referentes aos serviços de alojamento turístico e serviços de recreação e lazer, quando estas promovem a diversificação das atividades na exploração agrícola.

As intervenções referentes à diversificação das atividades na exploração agrícola têm os seguintes objetivos e prioridades:

Estimular o desenvolvimento nas explorações agrícolas de atividades que não sejam de produção, transformação ou comercialização de produtos agrícolas;

Contribuir diretamente para a manutenção ou melhoria do rendimento do agregado familiar, a fixação da população, a ocupação do território e o reforço da economia rural.

TIPOLOGIAS DE PROJETO

Diversificação das atividades na exploração agrícola

Apoiar a realização de investimentos compreendidos entre 10.000 EUR e 200.000 EUR, referentes às atividades de alojamento turístico, serviços de recreação e lazer, atividades dos serviços relacionados com a agricultura, silvicultura e exploração florestal, quando estas são uma forma de diversificar as atividades na exploração agrícola.

Candidatos:

Pessoas singulares ou coletivas que exerçam a atividade agrícola. Podem igualmente ser beneficiários os membros do agregado familiar das pessoas singulares referidas anteriormente, ainda que não exerçam a atividade agrícola.

Limite, forma e taxas de apoio:

Os apoios assumem a forma de subsídio não reembolsável (fundo perdido) até ao limite máximo de 150.000 EUR por beneficiário durante o período de programação.

As taxas de apoio podem ir até 50% do montante de investimento elegível, dependendo da criação líquida de postos de trabalho.

quero fazer uma candidatura ao PDR2020 (Novo PRODER)

LINHA DE APOIO À QUALIFICAÇÃO DA OFERTA

Criada através de um memorando de entendimento entre o Turismo de Portugal, I.P. e Instituições de Crédito, esta linha de apoio tem por objetivo a requalificação de Empreendimentos Turísticos existentes, assim como a criação e desenvolvimento de Atividades de Animação Turística, de Restauração e Bebidas, e outras atividades que apresentem manifesto e relevante interesse para o Turismo.

Esta linha de apoio permitirá melhorar as condições de acesso a financiamento através da atribuição de uma taxa de juro mais favorável, bem como período de carência e prazo de reembolso mais alargados.

quero fazer uma candidatura à Linha de Apoio à qualificação da oferta

PAECPE

O Programa de Apoio ao Empreendedorismo e à Criação do Próprio Emprego (PAECPE) visa apoiar a criação de empresas e a criação do próprio emprego através das seguintes medidas:

Apoios à criação de empresas

Apoio à criação de empresas de pequena dimensão, com fins lucrativos, independentemente da respetiva forma jurídica.

Beneficiários

Inscritos nos centros de emprego ou centros de emprego e formação profissional, numa das seguintes condições:

Desempregados inscritos há 9 meses ou menos, em situação de desemprego involuntário ou inscritos há mais de 9 meses, independentemente do motivo da inscrição;

Jovens à procura do 1.º emprego com idade entre os 18 e os 35 anos, inclusive, com o mínimo do ensino secundário completam ou nível 3 de qualificação ou a frequentar um processo de qualificação conducente à obtenção desse nível de ensino ou qualificação, e que não tenha tido contrato de trabalho sem termo;

Nunca tenham exercido atividade profissional por conta de outrem ou por conta própria;

Trabalhadores independentes cujo rendimento médio mensal, no último ano de atividade, seja inferior à retribuição mínima mensal garantida.

Apoios

Crédito ao investimento concedido por instituições bancárias, através de 2 linhas de crédito, e beneficia de garantia, no quadro do sistema de garantia mútua, e de bonificação de taxa de juro.

Linhas de Crédito Montantes Prazos Taxa de juro
Investimento Financiamento
INVEST + Superior a €20.000 e até €200.000 Até €100.000 2 Anos de carência de capital

Reembolso de 5 anos com prestações mensais (amortizações constantes de capital)

Euribor a 30 dias, acrescida de 0,25% com taxa mínima de 1,5% e máxima de 3,5%

(o 1.º ano de juros é integralmente bonificado e o 2.º e o 3.º ano são bonificados parcialmente pelo IEFP)

MICROINVEST Até €20.000 Até €20.000

Programa Nacional Microcrédito

Beneficiários

Pessoas com perfil empreendedor que tenham especiais dificuldades de acesso ao mercado de trabalho e estejam em risco de exclusão social e que apresentem projetos viáveis para criar postos de trabalho;

Microentidades e as cooperativas até 10 trabalhadores que apresentem projetos viáveis com criação líquida de postos de trabalho, em especial na área da economia social.

Apoios

Linha de Crédito ao investimento com garantia e bonificação de taxa de juro - MICROINVEST O crédito ao investimento é concedido pelas instituições de crédito ou pelas sociedades financeiras de microcrédito, através da linha de crédito MICROINVEST, beneficiando de bonificação de taxa de juro e de garantia, no quadro do sistema de garantia mútua.

Linhas de Crédito Montantes Prazos Taxa de juro
Investimento Financiamento
MICROINVEST Até €20.000 Até €20.000 2 Anos de carência de capital

Reembolso de 5 anos com prestações mensais (amortizações constantes de capital)

Euribor a 30 dias, acrescida de 0,25% com taxa mínima de 1,5% e máxima de 3,5%

(o 1.º ano de juros é integralmente bonificado e o 2.º e o 3.º ano são bonificados parcialmente pelo IEFP)

Apoios à Criação do Próprio Emprego por Beneficiários de Prestações de Desemprego

Beneficiários

Beneficiários das prestações de desemprego que apresentem um projeto que origine a criação do seu emprego a tempo inteiro.

Apoios

Pagamento, total ou parcial, do montante global das prestações de desemprego, deduzido das importâncias eventualmente já recebidas e possibilidade de cumulação com a modalidade de crédito com garantia e bonificação da taxa de juro (linhas MICROINVEST E INVEST+)

Linhas de Crédito Montantes Prazos Taxa de juro
Investimento Financiamento
INVEST + Superior a €20.000 e até €200.000 Até €100.000 2 Anos de carência de capital

Reembolso de 5 anos com prestações mensais (amortizações constantes de capital)

Euribor a 30 dias, acrescida de 0,25% com taxa mínima de 1,5% e máxima de 3,5%

(o 1.º ano de juros é integralmente bonificado e o 2.º e o 3.º ano são bonificados parcialmente pelo IEFP)

MICROINVEST Até €20.000 Até €20.000

quero fazer uma candidatura ao PAECPE

PME Crescimento

As Linhas de Crédito PME Crescimento têm por objetivo facilitar às PME’s o acesso ao crédito bancário, nomeadamente através do recurso aos mecanismos de Garantia do Sistema Nacional de Garantia Mútua, que permitem a redução do risco das operações bancárias.

Clique para saber mais (site iapmei.pt)

quero fazer uma candidatura ao PME Crescimento

Investe QREN

A Linha de Crédito Investe QREN destina-se a entidades com projetos aprovados no âmbito dos Sistemas de Incentivos do QREN, bem como do Sistema de Apoio a Ações Coletivas (SIAC), para:

Financiamento da contrapartida nacional privada associada à realização de operações cofinanciadas pelo FEDER;

Financiamento de custos de investimento não elegíveis associados à realização de operações cofinanciadas pelo FEDER, apenas para empresas;

Financiamento da constituição de fundo de maneio necessário para a realização de operações cofinanciadas pelo FEDER, apenas para empresas.

Clique para saber mais (site qren.pt)

quero fazer uma candidatura ao Investe QREN

setores com que trabalhamos

indústria

comércio e serviços

turismo

agricultura e floresta

Consultoria empresarial Consultoria Industrial Consultoria e elaboração de projetos de licenciamento industrial Consultoria financeira e consultoria económica Consultoria em Internacionalização Consultoria em Qualidade, Ambiente e SHT

Elaboração de candidaturas a sistemas de incentivos ao investimento e emprego Elaboração de projetos de investimento e de criação de empresas Elaboração de candidaturas a incentivos Portugal 2020 Elaboração de candidaturas a incentivos PDR 2020 Acompanhamento de candidaturas e de projetos de investimento

Apoios a jovens agricultores Apoios à floresta Incentivos fiscais Estudos de mercado e marketing Formação Profissional e Recursos Humanos Planeamento e consultoria de alta direção Apoio à produção, transformação e comercialização agrícolas

Elaboramos candidaturas ao sistema de incentivos Portugal 2020, assim como a apoios ao investimento a fundo perdido e reembolsável, nas medidas: Inovação Produtiva, Empreendedorismo Qualificado e Criativo, Internacionalização, Qualificação, Formação e Vales, nos setores do turismo, indústria, comércio e serviços.

Elaboramos candidaturas ao sistema de incentivos PDR 2020, MAR 2020 e VITIS, de apoio ao investimento a fundo perdido (não reembolsável) e destinados a: Produção Agrícola (jovens agricultores, entre outros), Agro-Indústria, Apoios à Floresta e a Empresas do setor florestal, vinha, desenvolvimento local (turismo: animação turística e alojamento) e Vales.

© 2017 - Licentivos, Lda.

Morada

Rua António Cândido Pinto, Nº 32,
Fraião, 4715-400 Braga

Coordenadas GPS

N 41° 32' 26.1486" W -8° 24' 18.2088"

Horário

Seg a Sex 09h00m - 13h00m 14h00m - 18h00m

Redes Sociais


Telefone

253 618 791

Fax

253 273 231